sábado, janeiro 29, 2005

Os cartazes do PSD que estão espalhados pela nossa cidade, com a fotografia do Dr. Mota Amaral, dizem assim, ao lado da fotografia: "Competência e Prestígio ao Serviço dos Açores". Competência, no desempenho do cargo de Presidente da Assembleia da República, não contesto. Prestígio, quem sou eu para contestar! Ao "serviço" dos Açores? Isso aí, calminha, meus amigos. Ao "serviço" dos Açores, onde? Em quê? Dos Açores que eu conheço, Mota Amaral fugiu, sem mais aquelas e, desde então, tem-se governado muito bem por terras de Portugal. Em que é que tem estado ao serviço dos Açores?

8 Comments:

At 29 de janeiro de 2005 às 14:46, Blogger João Pacheco de Melo said...

"Boca santa".

E eu a julgar que a ervilhaca nunca mais germinava!

 
At 29 de janeiro de 2005 às 19:08, Blogger Maria do Céu Rêgo-Costa said...

A ervilhaca já passou a malassadas e sonhos!!

 
At 29 de janeiro de 2005 às 19:11, Blogger Maria do Céu Rêgo-Costa said...

Sabes o que é que eu acho, Pacheco? Em vez de "ao serviço dos Açores", devia estar lá "serviu-se dos Açores". Foi o trampolim!

 
At 30 de janeiro de 2005 às 11:15, Blogger João Pacheco de Melo said...

Que mais não seja, até atingir o patamar do duo Teófilo/Arriga; o culminar da carreira iniciada noutros tempos!

Não obstante as "cambalhotas", é um caso de longevidade e persistência. Reconheça-se!

 
At 31 de janeiro de 2005 às 09:55, Blogger EdMundo said...

Não se preocupe tanto... Ainda veremos Carlos César desembarcar no Mindelo (como prometido) e descer até Lisboa. É a vida .... Nasce-se na província ou nas adjacências, mas vai-se morrer a Lisboa (politicamente falando, é claro); são os efeitos do centralismo, ou de outra coisa terminada também em ismo.

 
At 31 de janeiro de 2005 às 18:14, Blogger João Pacheco de Melo said...

PARABÉNS

 
At 2 de fevereiro de 2005 às 12:19, Blogger Andre Bradford said...

Bons olhos a leiam! E parabéns!

 
At 14 de fevereiro de 2005 às 01:16, Blogger Norte said...

Não me parece que Carlos César tenha competência para desembarcar em outro lugar que não cá.

 

Enviar um comentário

<< Home